Eco atitude do dia – dia 37

Há uma série de pequenas atitudes que podem ser feitas diariamente, que por serem pequenas não podem ser colocadas uma a uma aqui, mas por serem grandes merecem ser ao menos citadas. Assim, começa o PEQUENO GRANDE Manual de boas maneiras em casa e no trabalho para manter eco atitudes no dia a dia:

PARTE 01 – NA COZINHA

- Separe o lixo orgânico do reciclável;
- Descongele a geladeira e o freezer e cuide da potência: se tiver vazio deixe regulado em baixa, se tiver cheio pode aumentar;
- Só ligue a lava-louças se tiver cheia;
- Não jogue óleo na pia, encaminhe para centros de coleta ou coloque dentro de uma garrafa PET e jogue no lixo comum;
- Não deixe a torneira ligada enquanto lava a louça;
- Mantenha mais verduras e frutas do que alimentos prontos congelados, diminuindo seu volume de lixo;
- Faça comida em casa, natural e orgânica;
- Jogue a água do cozimento de massas e vegetais nas plantinhas;
- Evite embalar alimentos em filme de PVC, preferir potes que serão lavados e reaproveitados, ou papel manteiga que é biodegradável.

Uma ideia extraordinária para ter numa cozinha ecológica são estas cestas para cozimento separado, que economiza água, aproveitando tudo na mesma panela:

Veja neste site.

Eco atitude do dia – dia 36

Hoje voltamos para mais dicas na cozinha, incluindo receitas sustentáveis. O objetivo é diminuir o lixo, portando a eco dica é aproveitar ao máximo o alimento, inclusive cascas, sementes, talos etc. As dicas são:

- Para aproveitar frutas que já estão “passando do ponto” faça sucos batidos com a fruta inteira (inclusive a casca) ou salada de frutas com as partes aproveitáveis, assim você não joga tudo fora;
- Procure fazer saladas com verduras e sementes diferentes, por ex: folhas e talos de beterraba, folhas de mostarda e folhas de rabanete são comestíveis. Use algumas sementes de abóbora secas e trituradas para dar crocância! A semente de abóbora é rica em nutrientes, como magnésio e zinco, minerais que possuem excelentes propriedades para saúde.
- Faça geléias ou bolos com casca de frutas!

Com o objetivo de disseminar o aproveitamento integral dos alimentos e incentivar a prática da sustentabilidade pela alta gastronomia, a ONG Banco de Alimentos em parceria com a Editora CookLovers lançaram o livro Gourmet & Sustentável: Cozinhando com as partes não convencionais dos alimentos:

No livro encontramos, entre várias receitas, esta aqui, que além de ser boa é mais saudável que a original, pois tem fibras, vitamina C e potássio:

BRIGADEIRO SUSTENTÁVEL E SAUDÁVEL

Ingredientes: uma lata de leite condensado; uma colher de sopa de manteiga sem sal; quatro colheres de sopa de chocolate em pó; casca de três bananas picadinha; uma colher de sopa de farinha de trigo; chocolate granulado a gosto.

Passo 1
Higienize as cascas de banana em solução de hipoclorito de sódio.

Passo 2
Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Passo 3
Coloque a mistura em uma panela média e leve ao fogo; mexa até que o brigadeiro solte do fundo da panela.

Rendimento: 20 porções.


(fonte aqui)

Eco atitude do dia – dia 35

A eco atitude do dia de hoje é direcionada às mulheres: que tal parar ou diminuir a quantidade de absorventes?
Diariamente, numa cidade de 1 milhão de habitantes, são enviados aos lixões cerca de meio milhão de absorventes. Os absorventes possuem o mesmo perigo das fraldas descartáveis, como vimos anteriormente.

O que fazer para mudar isso?

- Que tal usar absorventes laváveis, pelo menos nos dias de menor fluxo:
absorvente de pano
É como um absorvente descartável, porém após utiliza-lo, deixar de molho na água por algumas horas (ou de um dia para o outro), sem sabão. Esta água rica em nutrientes pode ser utilizada para regar as plantas e assim você estará reciclando seu ciclo! Depois, você pode lavar direto ou deixar mais um pouco de molho na água e sabão (caso necessário). Para sair as manchas é só deixar quarando no sol com sabão de coco. Pode também ser lavado na máquina de lavar. O absorvente ecológico é como uma calcinha, e deve ser lavado com o mesmo cuidado. Para aumentar a durabilidade utilizar sabão neutro ou de coco e sabão em pó de coco. Não usar alvejantes, além de poluir a água você estará diminuindo a durabilidade de seu absorvente.
À venda na Bioabsorventes.

- Ou que tal usar o Copinha de Silicone:


Saiba mais no blog: A terra viva.

Eco atitude do dia – dia 34

Hoje descobri na internet algo maravilhoso que queria compartilhar aqui, uma iniciativa da ECycle, que catalogou pontos de coleta e reciclagem de resíduos que podem ser encaminhados corretamente, em todo o Brasil.

Veja aqui o cadastro dos postos de coleta.

Assim você pode saber o que deve separar no seu lixo e onde levar na sua cidade!

A maior dúvida das pessoas é com relação aos lixos eletrônicos – o que fazer com eles? Acesse o site da Ecycle e veja onde você pode levar seu lixo eletrônico!

Saiba que muitos itens do lixo não devem ser encaminhados para o lixo comum, pois podem causar impactos ambientais muito perigosos, veja a listagem deles:

- Pilhas e baterias;
- Lâmpadas fluorescente;
- Reatores;
- Materiais feitos de amianto (telhas, isolantes);
- Tubos de tinta aerosol;
- Bateriais e óleo automotivo;
- Aparelhos que levam CFC.

Quer fazer o descarte correto? procure o site da ECycle.

Ou recicle você mesmo, veja uma ideia simpática para fazer com lâmpadas incandescentes:

vasos com lampada
Veja o tutorial aqui!

Eco atitude do dia – dia 33

Quase todo mundo adora uma fritura, mas o que poucos sabem é que este hábito pode impactar seriamente o meio ambiente. O óleo de cozinha usado para frituras tem causado dor de cabeça para ambientalistas e engenheiros sanitaristas, pois é difícil dar uma solução para ele:
- se jogar no sistema de esgoto, ele pode solidificar e ficar retido em encanamentos, o óleo fica intacto no final do processo e vai para rios e lagos. No ambiente natural, o óleo fica na superfície de corpos de água impedindo que a luz alimente os fitoplânctons, essenciais para o ecossistema aquático;
- Se jogar óleo no lixo, ele é capaz de contaminar e impermeabilizar o solo, causando enchentes ou contaminando lençois freáticos.

O que fazer? Pare de comer frituras! Isso fará bem para você e para o meio ambiente.

Caso você não consiga abrir mão de algumas frituras, o melhor a fazer é colocar o óleo em um recipiente fechado e procurar por postos de coleta. Alguns postos de gasolina já estão coletando óleo de cozinha, informe-se! Dos postos de coleta este óleo segue para reciclagem para virar sabão ou biodiesel.
Confira onde doar seu óleo de cozinha utilizado:

ABC Paulista – Instituto Triângulo – (11) 4991-1112/www.triangulo.org.br
Curitiba – Coleta especial de óleo de fritura da Prefeitura Municipal – tel.: 156/www.curitiba.pr.gov.br
Florianópolis – Universidade Federal de Santa Catarina, Associação Industrial e Comercial de Florianópolis (Acif) – www.acif.org.br ou nos postos Galo (Lagoa da Conceição)
Porto Alegre – Projeto de reciclagem de óleo de fritura – www.unverde.wordpress.com
Ribeirão Preto – Projeto Cata óleo – (16) 602-3734
Rio de Janeiro – Programa de Reaproveitamento de Óleos Vegetais (Prove) – (21) 2598-9240 e Disque-Óleo – (21) 2260-3326/www.disqueoleo.com.br
Salvador – Renove – Reciclagem de Óleos Vegetais – (71) 9979-2504/www.renoveoleo.com.br

Veja uma parte do artigo da EcoDesenvolvimento sobre o Biodiesel e sobre o sabão feito em casa:

Biodisel – A transformação do óleo de cozinha em energia renovável começa pela filtragem, que retira todo o resíduo deixado pela fritura. Depois é removida toda a água misturada ao produto. A depender do óleo, ele passará por uma purificação química que irá retirar os últimos resíduos. Esse óleo “limpo” recebe então a adição de álcool e de uma substância catalisadora. Colocado no reator e agitado a temperaturas específicas, ele se transforma em biocombustível e após o refino pode ser usado em motores capacitados para queimá-lo.

Sabão – Para fazer barras de sabão a partir do óleo de cozinha, basta seguir a receita abaixo:

Materiais

1 litro de óleo de cozinha usado
200 mililitros de água
Essencia em óleo
1 colher cheia de fubá
200g de soda cáustica em escama

Preparo

Coloque cuidadosamente a soda em escamas no fundo de um balde.
Depois, coloque a água fervendo.
Mexa até diluir todas as escamas da soda.
Adicione o óleo e mexa.
Adicione o fubá e a essencia e mexa novamente.
Jogue a mistura numa fôrma (use uma embalagem TetraPak aberta em cima) e espere secar.
Corte o sabão em barras.

Atenção: A soda cáustica pode causar queimaduras na pele. O ideal é usar luvas e utensílios de madeira ou plástico para preparar a mistura.


Imagem: örbita da terra

Eco atitude do dia – dia 32

Hoje a eco atitude é direcionada às mamães: use fralda de pano! Até imagino a reação de cada uma delas, com a vida corrida de hoje fica difícil abrir mão de certas facilidades, mas considere este atitude importantíssima devido a estes fatos (fonte: Fralda Bonita):

Fatos e realidade:
-uma criança utiliza 5500 fraldas durantes seus primeiros 2 anos de vida;
-fraldas levam em média 450 anos em sua decomposição, nos lixões;
- conta-se 5 árvores abatidas para 5500 fraldas descartáveis;
- em média, 2% do lixo recolhido correspondem à fraldas descartáveis (ex o município de SP produz 13.000 toneladas diárias de lixo = 260 toneladas diárias de fraldas descartáveis)
- um bilhão de árvores são usadas, no mundo inteiro, por ano, para suprir a indústria de fraldas. Quanto é mil bilhões de fraldas em termos de volume?
- no processo de branqueamento da polpa de madeira para fabricação do papel, (sendo que este também é utilizado nas fraldas), há liberação de dioxinas. E também no caso do lixo plástico (leia-se fraldas descartáveis ídem) ser queimado;
- as fraldas descartáveis possuem componentes químicos perigosos gerando um lixo altamente contaminante.

Quer comprar uma fralda de pano? veja estes sites que vendem pela internet:

Fralda Bonita: tem vários modelos.

Biofraldas
Olha como as fraldas de pano podem ser bonitinhas:

Quer aprender a lavar suas fraldas de forma mais sustentável? Acesse aqui.

Eco atitude do dia – dia 31

Mais uma vez vou falar de consumo consciente, pois nunca é demais falar disso. Hoje a eco atitude é: compre produtos fabricados por ONGs e faça uma ação social e muitas vezes ambiental.

Alguns belos exemplos deste tipo de produto, que mostra que o eco-social pode ser bonito e útil, são:

Oficina Boracea: administradas por pessoas saídas das ruas e situações de extrema pobreza, a oficina boracea faz artesanato com reciclagem de jornal e papel, transformando em lindas esculturas:

O Instituto da Terra: trabalha com reciclagem de papel e desenvolvimento de produtos e brindes junto aos presidiários, contribuindo para reabilitar seres humanos pelo trabalho criativo, recuperando sua auto-estima e contribuindo para a geração de renda.

Eco atitude do dia – dia 30

Para celebrar a eco atitude de número 30, faço hoje um pacto: irei assistir menos TV!

Peço o mesmo para vocês e para suas crianças: assistam menos TV. Além de economizar energia na sua casa, desenvolvemos mais contato social e habilidades corporais, importantes para o nosso desenvolvimento como pessoas.

Crianças: brinquem na rua, inventem suas brincadeiras! Desenvolvam sua criatividade!
Adultos: leiam livros, conversem, deem uma caminhada! Brinquem com seus filhos!

Comecemos agora uma campanha eco: não verei mais de 30 minutos de tv por dia! PROIBIDO!

VEJA ESTA CAMPANHA ESPANHOLA, QUE GRAÇA:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=yz7fz1B-tks&w=425&h=349]

Eco atitude do dia – dia 29

Já que estamos falando de artesanato, “faça você mesmo”, etc. a eco atitude do dia de hoje é exatamente isso: compre menos produtos industrializados, compre mais Handmade (feito à mão)!

No ano passado, começou uma campanha mundial para valorizar o Handmade, veja no site: http://www.buyhandmade.org/. A campanha é sempre presentear ou pedir de presente produtos feitos à mão. Se a grana anda curta parta para o Faça Você Mesmo, mas não deixe de aderir ao HandMade.

Quais as vantagens de comprar um produto feito à mão?
Você valoriza artistas e artesãos locais (trazendo maior sustentabilidade econômica e valorizando a cultura local) e utiliza algo feito com baixa energia embutida, baixa toxicidade, baixo consumo de água e alto valor humano! Muitas vezes o Handmade pode até ser ecológico, reutilizando produtos como as Ecobags de ontem, ou usando materiais naturais.

Veja a lista de locais que você pode comprar produtos feito a mão:

Fofys Factory

Ana Sinhana

Mãe Canguru

Jud Artes – veja esta EcoBag usando lona de sombrinha:

Há verdadeiros shoppings na internet de materiais feitos a mão, como:

Elo 7
Tanlup
Etsy

Se você quer aprender a fazer ou saber mais sobre o mundo do Handmade, visite:

Fio de Ouro Crafts – blog e loja de materiais de artesanato

SuperZiper – blog super completo de artesanato

Eco atitude do dia – dia 28

Vamos falar hoje de EcoBags… que elas são lindas e práticas todos sabemos, mas é preciso cuidar pra que isto não se torne um novo modismo e você acaba comprando sacolas só para ter, ou seja, mais uma forma de consumo. Eu não sou muito fã de você começar a comprar um novo produto para levar uma vida mais sustentável, sou fã mesmo é de se aproveitar o que tem para consumir menos e usar menos sacos plásticos.

O que eu faço é guardar as sacolas mais resistentes que recebo quando compro numa loja e vou guardando tudo dentro do carro, assim nunca falta sacola na hora da compra (quem nunca esqueceu sua ecobag?). Mas já vi gente por aí fazendo muita coisa linda, como estes modelos aí:

Sacola de reaproveitamento de sacos de juta:

Sacolas de reaproveitamento de embalagens:

Sacola feita com trançado de papel:

Quem quiser soltar a criatividade, aí esta uma boa coisa a se fazer!