Cobogós na arquitetura bioclimática

O Cobogó é uma criação autêntica brasileira e marcou época na arquitetura dos anos 60. Sua invenção se deu a partir da necessidade de proteção das fachadas muito ensolaradas que ganham calor para o edifício, o sombreamento de aberturas é uma dos principais estratégias bioclimáticas no Brasil. Além de funcionais, seu efeito estético é muito interessante, parecendo um rendado na fachada. A seguir algumas fachadas com cobogós no Brasil e no mundo:

A casa Tangram, da DOMO arquitetos:

Dos mesmos arquitetos a Casa Cor de Brasília:

Alguns exemplos da década de 60:

Outros exemplos mais moderninhos:

É possível encontrar facilmente elementos vazados de concreto, que podem ser pintados de cores diferentes para dar um maior efeito visual. Algumas empresas estão recriando Cobogós quem vem sendo cada vez mais utilizado na arquitetura contemporânea. Este modelos são Elemento V:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *