Eco atitude do dia – dia 38

Atitude social também é eco atitude, pois sustentabilidade engloba tudo o que pode ser feito para garantir uma melhor qualidade de vida para as gerações futuras. A eco atitude de hoje é: faça um trabalho voluntário.
Nem todos temos muito tempo disponível, porém alguma coisa podemos fazer. Meu trabalho voluntário é no Lar Recanto do Carinho, onde a Ecodhome doa mantimentos, roupas e eu, pessoalmente sirvo com meu tempo para o que for necessário.

No Lar eles precisam muito de mão de obra: pessoas que gostem de crianças possam a ajudar nos seus cuidados e educação.

Se você quer ajudar alguém, mas não sabe como procure o Voluntários em Ação, eles têm um cadastro de várias entidades e ajudam os voluntários a encontrar um serviço que tenham mais afinidade. Você pode até ajudar sem sair de casa, pela internet!

Eco atitude do dia – dia 37

Há uma série de pequenas atitudes que podem ser feitas diariamente, que por serem pequenas não podem ser colocadas uma a uma aqui, mas por serem grandes merecem ser ao menos citadas. Assim, começa o PEQUENO GRANDE Manual de boas maneiras em casa e no trabalho para manter eco atitudes no dia a dia:

PARTE 01 – NA COZINHA

- Separe o lixo orgânico do reciclável;
- Descongele a geladeira e o freezer e cuide da potência: se tiver vazio deixe regulado em baixa, se tiver cheio pode aumentar;
- Só ligue a lava-louças se tiver cheia;
- Não jogue óleo na pia, encaminhe para centros de coleta ou coloque dentro de uma garrafa PET e jogue no lixo comum;
- Não deixe a torneira ligada enquanto lava a louça;
- Mantenha mais verduras e frutas do que alimentos prontos congelados, diminuindo seu volume de lixo;
- Faça comida em casa, natural e orgânica;
- Jogue a água do cozimento de massas e vegetais nas plantinhas;
- Evite embalar alimentos em filme de PVC, preferir potes que serão lavados e reaproveitados, ou papel manteiga que é biodegradável.

Uma ideia extraordinária para ter numa cozinha ecológica são estas cestas para cozimento separado, que economiza água, aproveitando tudo na mesma panela:

Veja neste site.

Eco atitude do dia – dia 36

Hoje voltamos para mais dicas na cozinha, incluindo receitas sustentáveis. O objetivo é diminuir o lixo, portando a eco dica é aproveitar ao máximo o alimento, inclusive cascas, sementes, talos etc. As dicas são:

- Para aproveitar frutas que já estão “passando do ponto” faça sucos batidos com a fruta inteira (inclusive a casca) ou salada de frutas com as partes aproveitáveis, assim você não joga tudo fora;
- Procure fazer saladas com verduras e sementes diferentes, por ex: folhas e talos de beterraba, folhas de mostarda e folhas de rabanete são comestíveis. Use algumas sementes de abóbora secas e trituradas para dar crocância! A semente de abóbora é rica em nutrientes, como magnésio e zinco, minerais que possuem excelentes propriedades para saúde.
- Faça geléias ou bolos com casca de frutas!

Com o objetivo de disseminar o aproveitamento integral dos alimentos e incentivar a prática da sustentabilidade pela alta gastronomia, a ONG Banco de Alimentos em parceria com a Editora CookLovers lançaram o livro Gourmet & Sustentável: Cozinhando com as partes não convencionais dos alimentos:

No livro encontramos, entre várias receitas, esta aqui, que além de ser boa é mais saudável que a original, pois tem fibras, vitamina C e potássio:

BRIGADEIRO SUSTENTÁVEL E SAUDÁVEL

Ingredientes: uma lata de leite condensado; uma colher de sopa de manteiga sem sal; quatro colheres de sopa de chocolate em pó; casca de três bananas picadinha; uma colher de sopa de farinha de trigo; chocolate granulado a gosto.

Passo 1
Higienize as cascas de banana em solução de hipoclorito de sódio.

Passo 2
Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Passo 3
Coloque a mistura em uma panela média e leve ao fogo; mexa até que o brigadeiro solte do fundo da panela.

Rendimento: 20 porções.


(fonte aqui)

Eco atitude do dia – dia 35

A eco atitude do dia de hoje é direcionada às mulheres: que tal parar ou diminuir a quantidade de absorventes?
Diariamente, numa cidade de 1 milhão de habitantes, são enviados aos lixões cerca de meio milhão de absorventes. Os absorventes possuem o mesmo perigo das fraldas descartáveis, como vimos anteriormente.

O que fazer para mudar isso?

- Que tal usar absorventes laváveis, pelo menos nos dias de menor fluxo:
absorvente de pano
É como um absorvente descartável, porém após utiliza-lo, deixar de molho na água por algumas horas (ou de um dia para o outro), sem sabão. Esta água rica em nutrientes pode ser utilizada para regar as plantas e assim você estará reciclando seu ciclo! Depois, você pode lavar direto ou deixar mais um pouco de molho na água e sabão (caso necessário). Para sair as manchas é só deixar quarando no sol com sabão de coco. Pode também ser lavado na máquina de lavar. O absorvente ecológico é como uma calcinha, e deve ser lavado com o mesmo cuidado. Para aumentar a durabilidade utilizar sabão neutro ou de coco e sabão em pó de coco. Não usar alvejantes, além de poluir a água você estará diminuindo a durabilidade de seu absorvente.
À venda na Bioabsorventes.

- Ou que tal usar o Copinha de Silicone:


Saiba mais no blog: A terra viva.

Eco atitude do dia – dia 34

Hoje descobri na internet algo maravilhoso que queria compartilhar aqui, uma iniciativa da ECycle, que catalogou pontos de coleta e reciclagem de resíduos que podem ser encaminhados corretamente, em todo o Brasil.

Veja aqui o cadastro dos postos de coleta.

Assim você pode saber o que deve separar no seu lixo e onde levar na sua cidade!

A maior dúvida das pessoas é com relação aos lixos eletrônicos – o que fazer com eles? Acesse o site da Ecycle e veja onde você pode levar seu lixo eletrônico!

Saiba que muitos itens do lixo não devem ser encaminhados para o lixo comum, pois podem causar impactos ambientais muito perigosos, veja a listagem deles:

- Pilhas e baterias;
- Lâmpadas fluorescente;
- Reatores;
- Materiais feitos de amianto (telhas, isolantes);
- Tubos de tinta aerosol;
- Bateriais e óleo automotivo;
- Aparelhos que levam CFC.

Quer fazer o descarte correto? procure o site da ECycle.

Ou recicle você mesmo, veja uma ideia simpática para fazer com lâmpadas incandescentes:

vasos com lampada
Veja o tutorial aqui!

Eco atitude do dia – dia 33

Quase todo mundo adora uma fritura, mas o que poucos sabem é que este hábito pode impactar seriamente o meio ambiente. O óleo de cozinha usado para frituras tem causado dor de cabeça para ambientalistas e engenheiros sanitaristas, pois é difícil dar uma solução para ele:
- se jogar no sistema de esgoto, ele pode solidificar e ficar retido em encanamentos, o óleo fica intacto no final do processo e vai para rios e lagos. No ambiente natural, o óleo fica na superfície de corpos de água impedindo que a luz alimente os fitoplânctons, essenciais para o ecossistema aquático;
- Se jogar óleo no lixo, ele é capaz de contaminar e impermeabilizar o solo, causando enchentes ou contaminando lençois freáticos.

O que fazer? Pare de comer frituras! Isso fará bem para você e para o meio ambiente.

Caso você não consiga abrir mão de algumas frituras, o melhor a fazer é colocar o óleo em um recipiente fechado e procurar por postos de coleta. Alguns postos de gasolina já estão coletando óleo de cozinha, informe-se! Dos postos de coleta este óleo segue para reciclagem para virar sabão ou biodiesel.
Confira onde doar seu óleo de cozinha utilizado:

ABC Paulista – Instituto Triângulo – (11) 4991-1112/www.triangulo.org.br
Curitiba – Coleta especial de óleo de fritura da Prefeitura Municipal – tel.: 156/www.curitiba.pr.gov.br
Florianópolis – Universidade Federal de Santa Catarina, Associação Industrial e Comercial de Florianópolis (Acif) – www.acif.org.br ou nos postos Galo (Lagoa da Conceição)
Porto Alegre – Projeto de reciclagem de óleo de fritura – www.unverde.wordpress.com
Ribeirão Preto – Projeto Cata óleo – (16) 602-3734
Rio de Janeiro – Programa de Reaproveitamento de Óleos Vegetais (Prove) – (21) 2598-9240 e Disque-Óleo – (21) 2260-3326/www.disqueoleo.com.br
Salvador – Renove – Reciclagem de Óleos Vegetais – (71) 9979-2504/www.renoveoleo.com.br

Veja uma parte do artigo da EcoDesenvolvimento sobre o Biodiesel e sobre o sabão feito em casa:

Biodisel – A transformação do óleo de cozinha em energia renovável começa pela filtragem, que retira todo o resíduo deixado pela fritura. Depois é removida toda a água misturada ao produto. A depender do óleo, ele passará por uma purificação química que irá retirar os últimos resíduos. Esse óleo “limpo” recebe então a adição de álcool e de uma substância catalisadora. Colocado no reator e agitado a temperaturas específicas, ele se transforma em biocombustível e após o refino pode ser usado em motores capacitados para queimá-lo.

Sabão – Para fazer barras de sabão a partir do óleo de cozinha, basta seguir a receita abaixo:

Materiais

1 litro de óleo de cozinha usado
200 mililitros de água
Essencia em óleo
1 colher cheia de fubá
200g de soda cáustica em escama

Preparo

Coloque cuidadosamente a soda em escamas no fundo de um balde.
Depois, coloque a água fervendo.
Mexa até diluir todas as escamas da soda.
Adicione o óleo e mexa.
Adicione o fubá e a essencia e mexa novamente.
Jogue a mistura numa fôrma (use uma embalagem TetraPak aberta em cima) e espere secar.
Corte o sabão em barras.

Atenção: A soda cáustica pode causar queimaduras na pele. O ideal é usar luvas e utensílios de madeira ou plástico para preparar a mistura.


Imagem: örbita da terra

Eco atitude do dia – dia 32

Hoje a eco atitude é direcionada às mamães: use fralda de pano! Até imagino a reação de cada uma delas, com a vida corrida de hoje fica difícil abrir mão de certas facilidades, mas considere este atitude importantíssima devido a estes fatos (fonte: Fralda Bonita):

Fatos e realidade:
-uma criança utiliza 5500 fraldas durantes seus primeiros 2 anos de vida;
-fraldas levam em média 450 anos em sua decomposição, nos lixões;
- conta-se 5 árvores abatidas para 5500 fraldas descartáveis;
- em média, 2% do lixo recolhido correspondem à fraldas descartáveis (ex o município de SP produz 13.000 toneladas diárias de lixo = 260 toneladas diárias de fraldas descartáveis)
- um bilhão de árvores são usadas, no mundo inteiro, por ano, para suprir a indústria de fraldas. Quanto é mil bilhões de fraldas em termos de volume?
- no processo de branqueamento da polpa de madeira para fabricação do papel, (sendo que este também é utilizado nas fraldas), há liberação de dioxinas. E também no caso do lixo plástico (leia-se fraldas descartáveis ídem) ser queimado;
- as fraldas descartáveis possuem componentes químicos perigosos gerando um lixo altamente contaminante.

Quer comprar uma fralda de pano? veja estes sites que vendem pela internet:

Fralda Bonita: tem vários modelos.

Biofraldas
Olha como as fraldas de pano podem ser bonitinhas:

Quer aprender a lavar suas fraldas de forma mais sustentável? Acesse aqui.

Eco atitude do dia – dia 31

Mais uma vez vou falar de consumo consciente, pois nunca é demais falar disso. Hoje a eco atitude é: compre produtos fabricados por ONGs e faça uma ação social e muitas vezes ambiental.

Alguns belos exemplos deste tipo de produto, que mostra que o eco-social pode ser bonito e útil, são:

Oficina Boracea: administradas por pessoas saídas das ruas e situações de extrema pobreza, a oficina boracea faz artesanato com reciclagem de jornal e papel, transformando em lindas esculturas:

O Instituto da Terra: trabalha com reciclagem de papel e desenvolvimento de produtos e brindes junto aos presidiários, contribuindo para reabilitar seres humanos pelo trabalho criativo, recuperando sua auto-estima e contribuindo para a geração de renda.